skip to Main Content
Entenda O Que O Marketing Digital Pode Agregar Ao Terceiro Setor!

Entenda o que o marketing digital pode agregar ao terceiro setor!

O marketing digital é a melhor maneira para potencializar os resultados da sua instituição do terceiro setor!

O mundo vem passando por modificações cada vez mais constantes e gera em todos a necessidade de adaptação. 

Sendo assim, é visível que as estratégias de marketing sempre estiveram presentes em todos os projetos de sucesso que conhecemos. Desde empresas como a Coca Cola ao “mercadinho da esquina”, absolutamente todos têm ações de marketing, mesmo que indiretas e involuntárias e, acredite, para as instituições do terceiro setor isso não é nada diferente.

Contudo, devido às grandes modificações tecnológicas e à migração da grande maioria das pessoas dos meios analógicos para os digitais, o marketing digital vem ganhando cada vez mais força, visto que é capaz de, através de infindáveis estudos, atingir seu público-alvo bem no cerne de suas possibilidades e agregar vantagens à sua instituição filantrópica.

E então, quer descobrir todas as coisas sensacionais que o marketing digital é capaz de fazer por você? 

Continue com a gente até o final e se deleite com as informações que veio buscar!

Boa leitura!

Captação de recursos

Uma instituição do terceiro setor não é capaz de viver sem o auxílio da captação de recursos.

Sendo assim, é extremamente importante compreender o fato de que o marketing digital é um dos maiores aliados das instituições filantrópicas que se permitem evoluir e seguir estratégias capazes de desenvolver não apenas a visibilidade da sociedade sobre ela, mas a visão dos doadores.

Para além disso, o marketing digital é capaz de fazer com que sua instituição se aproxime cada vez mais dos cedentes, ao ponto de mostrar a eles a grande importância das causas defendidas. 

Então, para efetivar as ações citadas, o marketing digital utiliza de diversas ferramentas, como, por exemplo:

  • E-mails marketing;
  • Redes Sociais;
  • Blogs;
  • Sites institucionais;
  • Divulgação de vídeos;
  • Campanhas de atração e fidelização de doadores; entre outros.