skip to Main Content
Você Sabe O Que é A Segregação Por Projetos No Terceiro Setor?

Você sabe o que é a Segregação por projetos no Terceiro Setor?

Controlar o orçamento, buscar novas fontes de recursos, prestar contas de forma detalhada, realizar o detalhamento de verbas… Tudo isso, deve ser feito na SEGREGAÇÃO POR PROJETOS NO TERCEIRO SETOR!

Uau… quanta coisa, hein?

Mas, o isso tem a ver com a segregação por projetos no terceiro setor?

Segregação, vem do termo: separação, que no terceiro setor se aplica a separação de processos.

Isso significa, pegar processo a processo e destinar a eles, determinadas ações e recursos. Ficou mais fácil para entender, certo?

E por que segregar projetos?

Bem, é simples!

A segregação permite muitas vantagens para o terceiro setor, como:

  1. Maior controle de receitas e despesas no terceiro setor.
  2. Direcionamento dos melhores recursos financeiros por departamento e por projeto.
  3. Rateio inteligente de verbas.
  4. Mensuração de custos por projetos.
  5. Gestão financeira por projeto.
  6. Acompanhamento dos gastos vinculados.

Entre outros fatores importantes.

De forma geral, essas ações facilitam, e muito, os quesitos para melhorar os investimentos, tendo, dessa forma, total controle das despesas e ciente dos gastos necessários que virão em cada projeto, já que houve esse planejamento e acompanhamento por meio da segregação.

Só que não para por aí, visto que gera maior controle nas demandas organizacionais, tornando todos os processos de gestão mais fáceis e trazendo, também, maior credibilidade, já que garante transparência de informativos e dados financeiros para os órgãos públicos, privados e voluntariado, que contribuem para a entidade do terceiro setor.

Maior controle e menos escapes financeiros

Sendo assim Quando existe um planejamento com base nas segregações por projetos no terceiro setor, isso torna fácil a gestão de qualidade, em todas as demandas, já que cada área de necessidade é listada corretamente e, dentro da mesma, existem correlações importantes que se fazem necessárias.

Tendo em vista em todo esse contexto, pontos essenciais, tanto em:

  • Quantidades;
  • Conceitos;
  • Recursos;
  • Pessoas (mão de obra);
  • Demanda financeira;
  • Dentre outros.

Esses, somente visarão distribuir e enviar os valores devidos para cada projeto, segundo sua ordem de necessidade.

portanto,por esse motivo que a segregação por projeto se torna tão vital para o sucesso das demandas por projeto dentro das organizações do terceiro setor, que devem atuar sempre pensando em todas as estratégias a curto e longo prazo.

Quais as desvantagens de não operar com essa Segregação por projetos no terceiro setor?

É bem fácil de entender e concordar, pois até em questões lógicas, e usando como comparação uma metáfora, uma “casa” desorganizada, tem maiores probabilidades de ter problemas, certo?

Da mesma forma ocorre com uma organização do terceiro setor que não possui a segregação como sua aliada, visto que, sem esse recurso, as coisas podem sair do controle e, assim, mais do que seria necessário, poderia ser requerido – financeiramente falando, inclusive – já que, nesse sentido, um planejamento por fracionamento e demanda não foi desenvolvido como deveria.

Bem óbvio de entender e concordar, certo?

Pois bem, todas essas questões devem ser planejadas e desenvolvidas por quem entende e, claro, ter experiência com a segregação no terceiro setor, se torna vital para o sucesso de todos os projetos.

Então se gostou dessas informações, se fez sentido para você, com certeza você desejará saber como podemos te ajudar!

Vamos conversar?

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Tamarthi Assessoria Contábil?

Somos uma Contabilidade no Centro de São Paulo, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @tamarthiassessoria

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!