skip to Main Content
Gerenciamento De Compras E Estoque Nas Farmácias E Drogarias

Gerenciamento de compras e estoque nas farmácias e drogarias

A sustentabilidade financeira de uma empresa, independentemente do porte ou segmento que ela atua, está ligada intimamente à gestão de compras e estoque.

Sobretudo quando falamos a respeito do gerenciamento de compras e estoque nas farmácias e drogarias, temos uma série de fatores importantes que estão envolvidos nesta tarefa.

Esta gestão implica na escolha dos fornecedores, na necessidade da melhor qualificação dos serviços, bem como na negociação de prazos de pagamentos com os fornecedores e negociação dos custos, consequentemente.

Como executar o gerenciamento de compras e estoque e obter o melhor resultado e retorno para sua farmácia ou drogaria?

É exatamente sobre isso que iremos falar a seguir, nos acompanhe!

Desafios da gestão de farmácias e drogarias: falta ou acúmulo

Efetuar o gerenciamento de compras e estoque em seu negócio no segmento de farmácias e drogarias de maneira assertiva, é fator determinante para evitar problemas como a falta ou o acúmulo de produtos.

Com uma infinidade de opções, tanto em medicamentos similares quanto em itens de perfumaria que também são comercializados no setor, é preciso atenção para não se deparar com produtos encalhados, ou por outro lado, com a falta deles.

Se levarmos em conta também o fato de que muitos produtos do setor são perecíveis, ou seja, possuem data limite de validade, o prejuízo para o negócio, devido aos itens encalhados pode ser ainda maior.

Como gerir de forma eficaz o departamento de compras e estoque?

Para evitar o prejuízo e também para suprir as necessidades dos clientes, quando estes vão até o seu estabelecimento em busca de determinado produto ou medicamento, seguir algumas dicas de gestão é uma ótima alternativa.

Por exemplo:

  • Monitore a entrada de mercadorias: investir em um processo de logística e de entrega do estoque eficaz, inclui o quanto o seu fornecedor é confiável. Como a compra e o estoque são processos interligados, saber com quem contar e em qual fornecedor confiar, é o que pode fazer a diferença na gestão, evitando falta de produtos e repercutindo positivamente nas vendas.

O uso de um software para automatizar o estoque da farmácia e/ou drogaria é uma ferramenta imprescindível no contexto atual.

  • Acompanhe os medicamentos com maior e menor saída: quando for investir na compra de determinados medicamentos, procure avaliar se ele tem saída. Por mais que o preço esteja atrativo e em conta, pode ser que tal produto não seja relevante para o seu negócio.

Procure mensurar antes de investir, e busque comprar mais produtos que tem maior saída.

O fluxo de venda dos produtos é o que deve nortear as compras da farmácia. Para tanto, levante informações como:

– Prazo de validade desses medicamentos;

– Tempo necessário para que fornecedor entregue os produtos;

– Volume de venda;

– Tempo de duração do estoque;

– Quantidade necessária.

Outro ponto que se deve considerar para nutrir uma boa base de dados que convertam a gestão para o sucesso, não somente no que se refere as vendas, mas à gestão financeira em geral, é investir no serviço de um profissional de contabilidade para farmácias.

Se tiver dúvidas a respeito, não perca tempo! Fale agora com a equipe de assessoria empresarial e profissionais contábeis da Tamarthi.

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Tamarthi Assessoria Contábil?

Somos uma Contabilidade no Centro de São Paulo, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @tamarthiassessoria

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Classificar post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *