skip to Main Content
Startups – Como Começar Um Negócio

Startups – como começar um negócio

Batendo recordes em investimentos, o mercado de startups, que se baseia de forma intensificada em tecnologia, atrai cada vez mais pessoas, sejam elas, investidores em busca de novos negócios que gerem retorno rápido, sejam elas profissionais com novas e promissoras ideias.

Começar um negócio no ramo das startups pode ser tão rentável, que somente ano passado no Brasil, no ápice da crise e recessão, o setor triplicou o número de investimentos em relação a 2016, atingindo o impressionante valor de 860 milhões de dólares, de acordo com a revista Você S/A (239 – 11/04/2018).

No país, já contamos com 2 startups consideradas unicórnio, ou seja, empresas que começam pequenas, impactam o cenário com soluções surpreendentes e inovadoras , e valem mais de 1 bilhão de dólares, antes de abrir seu capital em bolsas de valores, conforme a definição publicada no portal O Globo (link).

Dito isso, que tal listarmos algumas dicas e estratégias de como começar um negócio e quem sabe, se tornar uma startup bem-sucedida, alcançando o nível unicórnio? Confira a seguir!

Como começar um negócio: o termo startup

O que define o que é uma startup? Em síntese, podemos atribuir ao termo um modelo de negócios escalável, ou seja, ele não eleva as despesas, mas aumenta a capacidade de faturar mais.

São empresas novatas, via de regra, baseadas em soluções tecnológicas, e que precisam muitas vezes, da ajuda de organizações denominadas aceleradoras- ou seja, que ajudam nesse crescimento.

Passos fundamentais para começar um negócio nos moldes de uma startup

Para que a startup tenha mais chances de ser bem-sucedida, é necessário seguir alguns passos importantes. Confira nossas dicas a seguir:

  • Fase de ideação

Esse momento é aquele onde o empreendedor não tirou a empresa do papel, ou seja, ela ainda se encontra no plano das ideias.

É o período onde o empreendedor deverá:

– Pesquisar o mercado que pretende atuar;

– Trocar ideias e informações com especialistas no segmento escolhido;

– Definir o público-alvo e persona que irá consumir seu serviço e produto;

-Buscar possíveis sócios(as), sendo que de acordo como padrão das startups de sucesso, o time se compõe de 3 figuras-chave: uma que possui bom conhecimento em termos de negócios, uma que domina questões de tecnologia e finalmente outra que tem a habilidade em executar as operações necessárias;

-Criar o plano de negócios (canvas).

       2- Fase de validação

Aqui é onde nasce a empresa e são feitos os testes das hipóteses levantadas previamente. Elas podem ser validadas ou refutadas. Nesse período o empreendedor deverá:

– Construir seu produto mínimo viável, ou seja, a versão beta;

– Rodar o produto, analisando opiniões de quem usa e realizar as melhorias necessárias;

– Buscar o Smart Money, ou seja, investidores que não agreguem somente dinheiro, mas também conhecimento, uma espécie de mentor do negócio, por exemplo;

– Contratar funcionários, e se empenhar ao máximo, junto dos sócios, para que o negócio dê certo.

          3- Fase do crescimento

É quando a empresa já tem receita, o produto e serviço são aceitos e validados pelo mercado, e o negócio já tem maturidade para expandir.

Para tanto, siga as seguintes dicas:

– Contrate, aumente seu time;

-Otimize as vendas, aposte em marketing digital para melhorar as vendas da startup;

– Aposte na cultura corporativa, uma vez que há o aumento no número de colaboradores e os valores da empresa devem ser nítidos e seguidos para que não se percam no caminho;

– Monetize, ajuste preços caso os custos da empresa não forem cobertos pelo retorno das vendas.

        4- Fase de escalar

Chega a hora de ter um alcance grande, tanto de público quanto de ganho. Para isso, você deverá:

– Gerencie as incertezas, para que seja possível segurar a ansiedade e administrar bem as expectativas de todos os envolvidos;

-Delegue tarefas, agora é importante não centralizar ações, portanto, reconheça as lideranças dentro da empresa e distribua as responsabilidades e funções;

– Valide a escabilidade, perceba se os custos não precisaram ser elevados para que o faturamento fosse ampliado.

Seguindo essas dicas, as chances de tornar sua empresa startup bem-sucedida, e quem sabe, atingir o status de uma empresa unicórnio, podem ser bem mais próximas da realidade.

Se precisar de suporte e assessoria empresarial, saiba que a equipe da Tamarthi está aqui, disponível para lhe ajudar, conte com a gente!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Tamarthi Assessoria Contábil?

Somos uma Contabilidade no Centro de São Paulo, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @tamarthiassessoria

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Classificar post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *